Gramática sistêmico-funcional

Michael Halliday (foto) é professor emérito de Linguística da Universidade de Sidney. Desenvolveu uma abordagem conhecida como "linguística sistêmico-funcional" ou "gramática sistêmico-funcional", incorporando um modelo completo de gramática que tem sido aplicada ao inglês, português e diversas outras línguas. Para saber mais sobre a linguística sistêmico-funcional, leia os textos abaixo:

La gramática sistémico-funcional - texto em espanhol que resume bem os fundamentos da gramática sistêmico-funcional de Halliday.

Texto e gramática: uma introdução à linguística sistémico-funcional - texto do Prof. Carlos Gouveia que apresenta bem detalhadamente a abordagem de Halliday.

No Brasil, há muitos trabalhos que aplicam a teoria de Halliday, tanto na área de descrição do português como na área de práticas discursivas. Você pode ver alguns nos links abaixo.

A transitividade em português - artigo de Lima-Lopes e Muniz Ventura (2008)

Tema e N-rema: a construção do fluxo de informação em textos narrativos sob uma perspectiva sistêmico-funcional - Tese de Doutorado de Raymundo da Costa Olioni (Porto Alegre-2010)

Gramática sistêmico-funcional e o estudo de imagens em livros didáticos de inglês como língua estrangeira - artigo de Márcia Olivé Novellino (PUC-2006)

Estudo sistêmico-funcional da estrutura lógica de artigos de revista em inglês - dissertação de Mestrado de João Paulo Soares (PUC-SP, 2008)

O gênero anúncio pessoal eletrônico e as escolhas de seus enunciantes: uma análise do posicionamento atitudinal de gays e heterossexuais na internet - Dissertação de Mestrado de Daniel de Augustinis Silva (UERJ-2007)

Do discurso à gramática: um enfoque crítico e funcional de gêneros - artigo de Edna Cristina Muniz da Silva (2010)

O presente do indicativo: forma, significado e função - tese de Doutorado de Mariana Dratovsky Azevedo Santos (PUC-RJ, 2007)

A modalização no discurso acadêmico: um estudo sobre introduções de dissertações de mestrado - artigo de Elaine Cristine Fernandes da Silva (2005)

 

Além de contribuir para a análise de textos verbais, a Linguística Sistêmico-Funcional de Halliday inspirou a chamada Gramática Visual ou Gramática do Design Visual de Gunther Kress e van Leeuwen. Vários estudos no Brasil, em geral ligados à Análise do Discurso Crítica, aplicam essa abordagem a peças publicitárias e livros didáticos. Para saber mais sobre gramática visual e acessar alguns desses trabalhos, siga os links abaixo.

A representação gráfica no Brasil através de capas de revistas semanais pelo olhar da gramática do design visual (VG) - artigo de M.Teresa de Carvalho Pocas e Hans da Nóbrega Waechter (UFPE).

Imagens na publicidade - artigo de Juliana Petermann (UFSM)

Análise do Discurso Crítica: uma perspectiva transdisciplinar entre a linguística sistêmica funcional e a ciência social crítica - artigo de Viviane de Melo Resende

Relações de gênero na publicidade: palavras e imagens constituindo identidades - Dissertação de Mestrado (UFSM, 2007) de Graziela Frainer Knoll

Gramática Visual: uma leitura de imagens em material didático de línguas alemã e inglesa - dissertação de Mestrado (UFPB) de Rosilma Diniz Araújo Bühler.

Discurso e ideologia na propaganda de medicamentos - tese de Doutorado (UnB, 2008) de Viviane C. Sebba Ramalho

 

Os estudiosos da linguística sistêmico-funcional nos vários países formam associações para promover eventos e listas de discussão sobre o tema, para conhecer as diversas associações, veja os links abaixo.

Associação de Linguística-Funcional da América-Latina

Associação Internacional de Linguística Sistêmico-Funcional 

 

      

Contacto

Sala de Aula Virtual Av. da Universidade, 2683 33667625/33667624 claudete@letras.ufc.br